BANDA RECREIO CAMPONÊS

Apresenta o novo projeto:

Escola de Músicas

Vem divertir-te a aprender música

Escola de Música

Aulas

Terça-Feira das 19h às 21h

Sexta-Feira das 19h às 21h

Material

Material facultado Gratuitamente

Instrumento facultado Gratuitamente

Transporte

Disponibilizado Gratuitamente

ACHASTE INTERESSANTE?

Gostas de música e gostavas de aprender a tocar algum instrumento? Dirige-te à nossa sede para nos conheceres e inscreveres-te.
Ou conheces alguém que gostava de aprender a tocar algum instrumento, não percas tempo em recomendar-nos.
Estamos disponíveis para idades a partir dos 6 anos.

História

  1. Fundação

    1 de dezembro de 1910

    Fundada, em Câmara de Lobos, a 1 de dezembro de 1910, inicialmente com o nome de Filarmónica Recreio Camponês, com pouco mais de uma dezena de músicos.

  2. Fundador José Gonçalves de Freitas

    1 de dezembro de 1910

    O Fundador e primeiro maestro, apesar da sua tenra idade, 26 anos, era um homem muito estimado e respeitado, não só pelos elementos da sua Filarmónica, como pelos muitos simpatizantes desta.
    A morte surpreendeu-o a 30 de novembro de 1913, quando tinha apenas 29 anos.

  3. Primeiro Arraial

    1 de janeiro de 1911

    Neste ano, a Banda realiza o seu primeiro arraial, no dia 1 de janeiro, no Estreito de Câmara de Lobos, por altura dos festejos em honra do Senhor Jesus.

    No mesmo ano conseguiu a primeira sede social, uma dependência da casa pertencente ao pai do fundador, Francisco Gonçalves de Freitas, situada no Caminho Grande e Ribeira d’Alforra, Câmara de Lobos, onde permaneceu por 10 anos.

  4. João de Ornelas Abreu

    Aos 20 anos de idade foi escolhido pelos músicos e simpatizantes para ser o Chefe, estando à frente dos destinos da Banda até 1972 (54 anos sem interregno).

    Durante estes anos foi o “Mestre Ornelas”, como era tratado, que fez todo o trabalho relacionado com esta coletividade: era Maestro, Professor, Copista, desempenhava ainda todas as funções de Presidente, Secretário e Tesoureiro.
    Faleceu a 2 de fevereiro de 1985 aos 87 anos de idade.

  5. Estandarte

    Pela ocasião do seu 14.º aniversário, a Banda inaugurou o seu estandarte e um novo fardamento.

  6. Pedido de Mudança de Nome

    21 de março de 1930

    Em 1930, recusou o título de Banda Paroquial de Câmara de Lobos atribuído por deliberação camarária de 21 de março.

  7. Terceira Sede

    Dezembro de 1936

    Em dezembro de 1936, através de um contrato de arrendamento, mudou-se para as instalações que hoje ocupa, no mesmo sítio da Quinta do Leme mas no lugar da Bela Vista.

  8. Bodas de Ouro

    1 de dezembro de 1960

    "A Banda Recreio Camponês de Câmara de Lobos, vai festejar as “Bodas de Ouro” da sua fundação. A simpática coletividade musical Banda Recreio Camponês, de Câmara de Lobos, vai festejar no próximo sábado, com um vasto programa, os cinquenta anos da sua existência. Trata-se duma agremiação artística que muito tem dignificado a sua terra na divulgação da música, abrilhantando cerimónias oficiais e recreativas, merecendo de todos as melhores referências."

    Diario de Noticias

  9. João Figueira Quintal

    Em 1972, devido a problemas de saúde e a uma idade avançada, João Ornelas de Abreu passa o testemunho da regência ao seu pupilo, que ficou no cargo até dezembro de 2000. O Sr. Quintal trouxe diversas mudanças para a coletividade, sendo uma delas a integração de mulheres.
    Infelizmente, em março de 2020, aos 86 anos de idade, faleceu com a certeza de ter deixado muito e bom trabalho realizado.

  10. Livro

    O primeiro livro foi escrito pelo Major Tito Abílio da Silva, pai de Nélio de Freitas Silva e de Tito Celso Silva (atualmente músicos na Banda), intitulado "75 Anos da Banda Recreio Camponês de Câmara de Lobos".

  11. Deslocações

    Em 1989 participou no II Encontro de Bandas em Portalegre, no dia 11 de junho.
    Em 1997, desta vez uma deslocação à Região Autónoma dos Açores, participando no Festival de Bandas de Fenais da Luz, no concelho de Ponta Delgada.
    Em 1998, a Banda participou na Expo'98 em representação da Região Autónoma da Madeira.
    Mas as participações fora do arquipélago não ficam só por ai.

  12. Nélio de Freitas Silva

    Dezembro de 2000

    Em 1998 é nomeado Subchefe e professor de música nesta Banda, passando para a sua chefia no ano de 2000 após a saída do Sargento-Chefe João Figueira Quintal que lhe passa a batuta. A qual rege até à presente data.

  13. Centenário

    1 de dezembro de 2010

    Em 2010 completou 100 anos de existência com um concerto de celebração do centenário no Centro de Congressos da Madeira, onde foi lançado o segundo livro intitulado "A Memória de 100 Anos em Concerto Intemporal", escrito por António Castro e Silvina Serrão, e posteriormente lançado o DVD com a gravação da atuação do concerto de centenário.
    Foi também homenageada pela Câmara Municipal de Câmara de Lobos com um Louvor Público entregue no dia do Concelho, como testemunho do reconhecimento pelo exemplo e referência cultural desta associação, ao longo dos 100 anos de existência.

  14. Intercâmbios

    Em 2007 participou num intercâmbio com a Banda Lira Nossa Senhora da Estrela, no concelho de Ponta Delgada, Região Autónoma dos Açores.
    Em 2016 deslocou-se a Espanha num intercâmbio com a Banda Filarmónica de Olivenza.

Mensagem

110

Anos

50

Elementos

Contactos

Em caso de dúvida contacte-nos, estaremos disponíveis para qualquer esclarecimento.

Telefones:

Diretor Artístico: +351 962 365 224

Secretário: +351 966 297 909

Salão e Materiais: +351 917 847 537

Morada:

Estrada João Gonçalves Zarco, 311 a 317

Apartado 9, 9300-167 Câmara de Lobos